UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
"JÚLIO DE MESQUITA FILHO"
Reitoria
 
     
 
Jornal UNESP :::

Setembro/2008 – Ano XXII – nº 237   ::   Suplemento   ::   Encarte Eleição

 
:: INTERNACIONAL ::

Ensino
Integração continental é tema de curso
Palestra dá início a terceiro ano da Cátedra do Memorial da América Latina

Com o título “Um debate atual sobre América Latina”, a palestra ministrada pelo professor da Universidade Central da Venezuela Carlos Romero marcou a abertura do terceiro ano da Cátedra do Memorial da América Latina, no dia 18 de agosto, no Auditório Victor Civita. Autor de dez livros, o cientista político venezuelano tem mestrado nos EUA e carreira acadêmica com passagens por França, Espanha, Inglaterra e Brasil.

O pesquisador apontou algumas dificuldades para integração da América Latina, nos últimos dois anos, num contexto marcado pela necessidade de crescimento econômico, crise de crédito e inflação alta. “A integração ainda enfrenta uma guerra oculta de uma proliferação de acordos bilaterais com países de fora dos blocos”, afirma.

O comércio e a integração latino-americana será o tema central do curso coordenado por Romero de agosto a dezembro. O objetivo principal é promover a formação de especialistas sobre as questões regionais no âmbito do Mercosul e da Comunidade Andina de Nações.

A Cátedra da América Latina surgiu há três anos por meio de uma parceria entre o Memorial da América Latina, a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e as três universidades públicas paulistas (USP, Unicamp e Unesp), com o apoio de empresas privadas.

Julio Zanella


 
  ACI