UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
"JÚLIO DE MESQUITA FILHO"
Reitoria
 
     
 
Jornal UNESP :::

Setembro/2008 – Ano XXII – nº 237   ::   Suplemento   ::   Encarte Eleição

 
:: LANÇAMENTOS ::

Sindicalismo
Organização no campo

Professora do Departamento de Sociologia e do Programa de Pós-graduação em Sociologia da Faculdade de Ciências e Letras, câmpus de Araraquara, Leila de Menezes Stein mostra como a longa luta de conquista da cidadania pelos trabalhadores rurais passa, no Brasil, pela construção do sindicalismo rural e do trabalhismo agrário na década de 1960. O livro estuda por que a sindicalização rural teria se realizado naquele período e não em outra conjuntura. A autora conclui que o trabalhismo agrário se desenvolve em conseqüência de suas próprias necessidades e das demandas autênticas do movimento popular. Nessa linha de raciocínio, ocorre a análise detalhada do perfil dos inúmeros atores que participaram da articulação e da fundação do sindicalismo agrícola.

Trabalhismo, círculos operários e política: a construção do sindicato de trabalhadores agrícolas no Brasil (1954 a 1964) – Leila de Menezes Stein; Annablume /Fapesp; 218 páginas; R$ 30. Informações: (11) 3812-6764,
www.annablume.com.br


 
  ACI