UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
"JÚLIO DE MESQUITA FILHO"
Reitoria
 
     
 
Jornal UNESP :::
Novembro/2007 – Ano XXI – nº 228   ::   Suplemento [Voltar]
 
:: LANÇAMENTOS ::

Sociologia
Presença negra

Mestre e doutorando em Sociologia pela Faculdade de Ciências e Letras, câmpus de Araraquara, Sérgio Luiz de Souza mostra, neste livro, como algumas festas populares como o carnaval e a louvação a Santo Antônio e São Benedito colaboraram para tornar os negros visíveis no cenário urbano de Ribeirão Preto. O livro enfoca o período entre 1910 e 1950 e destoa da historiografia oficial, que destaca apenas o papel dos imigrantes europeus e da elite cafeeira na formação econômica do município. Souza revela que havia, no período, duas Ribeirão Preto: uma localizada “intra-rios”, na área central, onde vivia a elite branca cafeeira, e outra, “além-rios”, na qual ficavam as classes populares. O autor cita discursos dos deputados Luiz Pereira Barreto e Martinho Prado na Assembléia Legislativa que defendiam a importação maciça de mão-de-obra européia para que houvesse em Ribeirão um “maior estoque de raças superiores”.

(Re)vivências negras: entre batuques, bailados e devoções: práticas culturais
e territórios negros no interior paulista (1910-1950)
– Sérgio Luiz de Souza; Edição do autor;
230 páginas; R$ 25,00. Informações: (16) 3913-4099/9188-1914.


 
  ACI