UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
"JÚLIO DE MESQUITA FILHO"
Reitoria
 
     
 
Jornal UNESP :::
Agosto/2006 – Ano XX – nº 214   [Voltar]
 
:: PRÊMIOS ::

Psicultura
Estudo é destaque em evento na Itália

Análise sobre condições de transporte de peixe é premiada em Congresso Mundial de Aqüicultura

O doutorando Fabiano Bendhack, da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV), campus de Jaboticabal, recebeu o prêmio de melhor trabalho científico apresentado em painel durante o Congresso Mundial de Aqüicultura (Aqua 2006), ocorrido em Florença, na Itália, de 9 a 13 de maio. A pesquisa de mestrado de Bendhack, intitulada “Excreção de amônia pelo matrinxã (Brycon cephalus) durante o transporte em água contendo cálcio (CaSO4)”, foi reconhecida por sua importância para a pesca esportiva nacional e por abrir novas frentes de estudos para o transporte de peixes vivos.

Nesse tipo de transporte, o objetivo é aumentar a quantidade de animais e diminuir a de água. O maior entrave, contudo, seria a concentração de amônia (NH4) na água. O metabolismo do peixe produz e elimina essa substância, que em alta concentração pode ser tóxica para o seu organismo. Ela interfere na resistência do animal, que pode morrer. “Esse é um fator de perda para os piscicultores”, diz o autor do estudo, que foi orientado por Elisabeth Criscuolo Urbinati, docente da FCAV e assessora-chefe da Assessoria de Relações Externas da Reitoria (Arex).

Num ambiente que simulou o procedimento empregado por piscicultores no transporte de peixes vivos, Bendhack observou uma relação entre o nível de amônia excretada pelo matrinxã e a concentração de sal na água. Para o pesquisador, quanto mais sal de cálcio (CaSO4), também conhecido como gesso agrícola, é adicionado à água, maior o aumento de excreção de amônia pelos peixes.

O achado de Bendhack é igualmente importante para os pescadores esportivos. O matrinxã é um peixe da bacia amazônica, bastante valorizado pela sua agressividade. “Ao morder a isca com força, o peixe provoca um embate com o pescador, que se diverte com isso”, assinala o pesquisador, cujo doutorado se volta para o aprimoramento desse estudo, com o objetivo de contribuir para a diminuição dos custos dos piscicultores..

Bendhack está ligado ao Programa de Pós-Graduação em Aqüicultura do Centro de Aqüicultura da UNESP (Caunesp) da FCAV. “Essa é a terceira vez que um pesquisador do Centro recebe o prêmio. Nas edições de 2003 e 2004, que aconteceram, respectivamente, no Brasil e no Havaí, também fomos agraciados com essa premiação”, comenta Elisabeth.

Daniel Patire

 
  ACI