Reitoria
 
diminuir fonteaumentar fonte
 
   
 
Agência Unesp de Inovação
voltar voltar imprimir imprimir enviar enviar corrigir corrigir
Vanderlan da S. Bolzani, vice-presidente eleita da SBPC

Reunião Anual da SBPC em São Carlos, SPUm ponto de luz nas ações de consolidação do sistema nacional de educação, C&T

[15/07/2015] A 67a. Reunião Anual da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência) iniciou neste domingo (12/7) suas atividades, na cidade de São Carlos, situada na região Centro-Leste do Estado de São Paulo, uma das regiões mais desenvolvidas do estado e incluída entre as 100 cidades do Brasil com a maior renda per capita. Com uma programação bastante diversificada, cobrindo todas as áreas do conhecimento, a comunidade acadêmica terá oportunidade de participar e discutir ativamente, não apenas sobre os últimos avanços científicos e tecnológicos em desenvolvimento no País, mas também debater o sistema de educação, ciência e tecnologia nacional, fundamentais para que o Brasil possa superar os imensos gargalos que ainda nos separam dos países do eixo central.

Ao longo dos seus 67 anos de existência, a SBPC tem se caracterizado pelas posições marcantes em vários cenários da vida política nacional, com destaque para a educação, ciência e tecnologia, pilares edificantes de uma nação que almeja um futuro sustentável para as próximas gerações. Outro destaque das realizações da SBPC é a sua Reunião Anual, este ano com temática dedicada ao Ano Internacional da Luz (AIL). Neste ano, o evento ocorre num momento não muito fortuito, onde todos os dias somos abarrotados de notícias desanimadoras sobre a economia e política nacional, tornando a reunião este ano mais instigante ainda.

Como em todas as reuniões que se antecederam, estamos firmes no propósito de que juntos, professores, pesquisadores, cientistas, representantes de governo, empresas, e várias instituições civis e sociais, possamos encontrar ideias iluminadas e luminosas (AIL), que sejam traduzidas em ações de governo, objetivando um sistema de educação, ciência, tecnologia e inovação robusto do tamanho que o Brasil merece, para que o “gigante adormecido” seja apenas uma alusão poética de nosso lindo hino nacional.

Ressalto na programação deste ano, a homenagem especial que será feita fará aos 30 anos de existência do MCTI, que mudou a cara da ciência e tecnologia verde amarela, devido a institucionalização de um sistema de pesquisa básica, aplicada e inovação, praticamente inexistente na metade do século 20, quando foram instituídos o CNPq e a CAPES. Nestes poucos anos em se tratando dos esforços feitos para consolidar a ciência e tecnologia, o Brasil progrediu sobremaneira, sendo hoje destacado em vários setores responsáveis pelo avanço tecnológico nacional.

Para a celebração foram convidados os ex-ministros e o atual, evidenciando assim, a importância do evento, que acreditamos seja um marco na história recente da ciência e tecnologia nacional. E por que? Por dois aspectos, o primeiro é motivo de festejo pelo fato histórico de termos ministros de vários períodos da vida política nacional e professores, pesquisadores e outros segmentos da sociedade civil, selando um pacto pela ciência e tecnologia brasileira e assim, rendendo uma justa homenagem ao Ministério que propiciou um salto quanti- e qualitativo de P&D nestes 30 anos.

O segundo é muito preocupante e triste. Refere-se aos cortes nas verbas do sistema nacional de pós-graduação anunciado nesta semana em torno de 70% e que, se de fato implementado, acarretará um retrocesso sem precedente no sistema de formação de recursos humanos, colocando em risco toda a estrutura de pesquisa consolidada nestes 30 anos de criação do MCTI. Tendo em conta que praticamente toda a pesquisa feita no país envolve estudantes de mestrado e doutorado; que o sistema de pós-graduação, ciência e tecnologia foi construído com muita luta e trabalho de várias gerações de professores, cientistas e gestores de instituições públicas e outros segmentos sociais, a Reunião Anual da SBPC que ocorre em São Carlos tem um compromisso ainda maior que aqueles inerentes à sua gênese – tocar os corações e mentes dos nossos governantes alertando-os de que nas grandes crises, a educação, a ciência e a tecnologia são armas poderosas para reverter o desânimo e a falta de esperança e, assim, continuarmos a caminhada de crescimento e desenvolvimento econômico e social.

Vanderlan da S. Bolzani, Professora Titular do Instituto de Química da Unesp de Araraquara, diretora da Agência Unesp de Inovação e conselheira e vice-presidente eleita da SBPC.

 

Notícias recentes

16/02/2018 - [Animal Health Innovation Latin America]

07/02/2018 - [Coloque sua startup na Plataforma de Lançamento do InovAtiva Brasil]

19/01/2018 - [Inova Talentos - IEL/CNPQ abre vagas para alunos bolsistas]