Guia de Profissões 2010
Guia de Profissões 2010
     
 
Cursos :::
Administração Pública

Capacidade de superar dificuldades e resolver problemas

 

Ser um futuro administrador público exige muito. É necessário entender o país em que se vive e também saber resolver problemas complexos. A administração pública de hoje não é mais aquela do escritório fechado, de carimbos e papéis na mesa. Agora esse profissional precisa ter conhecimento sobre todas as etapas do processo, que vai desde as compras, passando pela gestão do dinheiro previsto no orçamento, até como atender famílias que perderam tudo após uma for te chuva, por exemplo. Não é fácil, mas é desafiador.

A carreira não se restringe aos cargos do Poder Executivo. Uma série de outros profissionais ligados ao serviço público, como médicos, fiscais, professores ou juízes, acabam também tendo de exercer funções de um administrador público. A profissão também tem espaço em várias outras organizações que precisam de administradores que pensem nos problemas da sociedade.
É o caso de organizações não-governamentais (ONGs), hospitais – que agora são organizações sociais –, entidades de classe, sindicatos e aquelas empresas, tanto públicas quanto privadas, que pensam na sua responsabilidade social. Com os novos tempos, muito do que era somente do Estado é hoje também da sociedade.

Esses novos desafios exigem administradores públicos mais criativos, capazes de trabalhar em grupo, de superar as dificuldades e colocar em prática as decisões. Não há mais tempo a perder com exigências burocráticas sem sentido. O que se espera agora é que se use bem, com eficiência e responsabilidade, aquilo tudo que é recurso público, seja ele uma escola, um avião ou um câmpus de universidade.

Os alunos formados em Administração Pública podem trabalhar em órgãos federais, estaduais e municipais, em ONGs, em consultorias para a área pública e em empresas socialmente responsáveis, de modo a ajudar a garantir a governança corporativa que hoje o mercado de capitais exige.

na UNESP
Aluno recebe formação científica e humanística

No curso oferecido pela Faculdade de Ciências e Letras (FCL), câmpus de Araraquara, os alunos de Administração Pública dispõem de um amplo leque de conteúdos de formação, abrangendo desde temas de formação científica e humanista, oriundos das ciências políticas, econômicas, jurídicas e outras, até as disciplinas de formação profissionalizante, próprias do campo da Administração.

A partir do terceiro ano do curso, o estudante de Administração Pública deve realizar o estágio supervisionado. Trata-se de atividade curricular que deve ser realizada em instituições públicas, governamentais ou não, localizadas em Araraquara ou em qualquer outro município ou região de preferência do aluno. A atividade é importante para complementar a formação do aluno, uma vez que integra a teoria com a prática.

Além das atividades estritamente curriculares, os alunos do curso de Administração Pública organizam, em caráter permanente, uma série de outras atividades extracurriculares, como a Semana de Administração Pública e o Encontro Nacional dos Estudantes de Administração Pública, fazem visitas técnicas a instituições públicas, inclusive em Brasília, além de projetos diversos, de iniciativa do Centro Acadêmico de Administração Pública, do Programa de Educação Tutorial (PET) e da Empresa Paulista Júnior Projetos e Consultoria.