UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
"JÚLIO DE MESQUITA FILHO"
Reitoria
 
     
 
Jornal UNESP :::
Janeiro-Fevereiro/2008 – Ano XXI – nº 230    ::   Suplemento [Voltar]
 
:: ALUNOS ::

Desenho Industrial
Design de Bauru vence três prêmios

Estudantes ficam em primeiro lugar em eventos da área com projetos de veículos e andador para idosos

Alunos do curso de Desenho Industrial da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (Faac), câmpus de Bauru, tiveram recentemente participações destacadas em quatro concursos na área de Design, conquistando três primeiros prêmios. O docente Luis Carlos Paschoarelli, do Departamento de Desenho Industrial, que orientou alguns dos estudantes, acredita que os resultados comprovam a qualidade do curso oferecido na Faac. “Tão importante como os prêmios, é o reconhecimento externo”, declara.

Desenho automobilístico

Vencedor do IV Prêmio Quatro Rodas Design, na categoria Estudante, promovido pela Editora Abril, o segundanista Carlos Alberto de Araújo Cananéa projetou um sedã de luxo batizado de Neha. “As linhas do desenho ficaram elegantemente agressivas, os volumes estão bem dispostos e a execução ficou satisfatória”, comenta Cananéa. A cerimônia de premiação ocorreu no dia 5 de dezembro, na sede da editora, em São Paulo (SP). Cerca de 370 estudantes e profissionais que atuam na área de design automobilístico participaram do concurso, que conta com apoio da Fiat Automóveis.

Também aluno do segundo ano, Diogo Rodrigues Uzêda recebeu, no dia 28 de novembro, a premiação pelo primeiro lugar no I Desafio Plascar de Design Automotivo, com o projeto denominado A-Trail (derivado de Ant Trail). Os cerca de 1.300 inscritos trabalharam o  tema “O futuro do automóvel em suas mãos”. “O A-Trail, por ser conceitual, ainda não pode ser produzido, por exigir tecnologias que ainda estão em desenvolvimento, porém desperta idéias e conceitos”, afirma Uzêda.

Andador para idosos

Os alunos do 4º ano Kauré Ferreira Martins e Eduardo de Mattos Egydio venceram, no dia 28 de novembro, o III Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio, categoria Projeto Estudante. Eles apresentaram o trabalho Design e Inclusão: Projeto Andador Dobrável, para ser utilizado por idosos. “Fizemos um projeto inovador, com características que o destacam dentre os demais andadores do mercado”, afirma Egydio.

Segundo o quartanista, houve uma preocupação com segurança, eficiência e conforto, visando contribuir para a qualidade de vida do usuário. Dos 1.347 trabalhos inscritos no concurso, 11 foram selecionadas para disputar a grande final. “O apoio da Fapesp, da Finep e do CNPq, na forma de bolsas e aquisição de equipamentos, foi decisivo para o desenvolvimento do produto”, assinala Paschoarelli. A premiação ocorreu na Estação São Paulo, no bairro de Pinheiros, na capital paulista.

Desenho de móveis

O 2º Prêmio Tok&Stok de Design Universitário, com o tema Sentar, teve como objetivo favorecer o desenvolvimento de produtos moveleiros adequados à realidade social, cultural e tecnológica. Os trabalhos dos finalistas Lucas Carareto Macieirinha, Miriam Midori Haga e Carolina Vaitiekunas Pizzaro concorreram com outros 47 projetos.

A terceiranista Carolina apresentou a proposta do Pufe Pooll, um móvel no qual privilegiou a versatilidade. “Projetei um mobiliário esteticamente diferente e facilmente adaptável a diferentes ambientes”, enfatiza. A também finalista Miriam Midori Haga trabalhou no projeto Malabares, propondo um banquinho voltado ao público infantil. “Ele é fácil de transportar e o seu formato favorece o empilhamento, que é similar ao encaixe de peças de um quebra-cabeça”, destaca aluna do 3º ano.

O segundanista Macieirinha produziu a Banqueta Perneta, um projeto que envolve banquinhos que se ligam uns aos outros. “Meu trabalho tem como ponto forte o questionamento sobre a forma de utilização das banquetas, e propõe uma nova configuração de uso e composição espacial”, explica. O estudante foi orientado pelo professor Cláudio Roberto Goya, enquanto Miriam e Carolina tiveram a orientação de Paschoarelli – docente que também foi responsável pelas produções de Cananéa, Martins e Egydio.

Danilo Koga

 

 
  ACI