Untitled Document
Início Portal UNESP  
Portal UNESP
Ouvidoria
Untitled Document
> English> Español

 
 

[ EDIÇÕES ANTERIORES ][ início portal ]

[ n. 194/novembro 2004 ]

Pág. 04

[
índice Jornal ]

::GERAL::

GEOLOGIA
Homenagem em Natal
Professor da UNESP é nome de base da Petrobras

A Unidade de Negócios de Exploração e Produção do Rio Grande do Norte e Ceará (UN-RNCE), localizada em Natal, recebeu, em agosto último, o nome Base Geólogo Francisco Celso Ponte, docente que lecionou, de 1991 a 1997, ano de seu falecimento, no Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE) da UNESP, campus de Rio Claro.
“Ele fez a sua trajetória técnico-científica na Petrobras e teve ampla atuação nos campos científico e político”, afirmou o geólogo Dimas Dias Brito, do IGCE, presente à homenagem que reuniu funcionários, parentes e amigos. “Temos que construir um novo Brasil com exemplos como o dele”, disse Guilherme Estrella, diretor de Exploração e Produção da Petrobras.

Na ocasião foi inaugurado um memorial, a céu aberto, com ampliações de fotos de Ponte, em diferentes fases de sua vida profissional, com seus versos autobiográficos, redigidos em estilo cordel. Dias Brito, na cerimônia, leu o cordel autobiográfico de Ponte, no qual conta o seu nascimento (em Fortaleza, em 1930), a origem humilde, a infância no sertão, a atuação na Petrobras, a militância política e a volta à vida acadêmica. “Foi emocionante ler esse texto, inclusive porque sou citado nele”, disse o docente do IGCE. “Há ainda trechos nos quais ele faz referência direta à nossa Universidade.”

Além de trabalhar por 23 anos na Petrobras, Ponte atuou como docente, orientador e examinador em cursos de graduação e de pós-graduação na UNESP, na UFBA e na Universidade do Texas, Austin, EUA. Foi ainda, nos biênios 1979-81 e 1991-93, presidente da Sociedade Brasileira de Geologia. Nos últimos anos de sua vida, como docente da UNESP, Ponte escreveu sobre recursos energéticos, estratégias e o desenvolvimento do Brasil e discutiu o papel do geólogo e da Sociedade Brasileira de Geologia no limiar do século XXI. “Ele contribuiu para enriquecer as ciências geológicas e dar grandeza ao papel que cabe ao geólogo desempenhar pelo Brasil”, finalizou Dimas.

Untitled Document

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Untitled Document
ACI - Assessoria de Comunicação e Imprensa
Assessoria de Comunicação e Imprensa
  Untitled Document
Sobre o Portal UNESP
portal@reitoria.unesp.br :: webmaster@unesp.br